E-learning possibilita redução de custos e maior engajamento nos treinamentos da Callink

E-learning  possibilita redução de custos e maior engajamento nos treinamentos da Callink

O Núcleo de Educação Digital, criado pela Callink há dois anos, vem obtendo grandes resultados com a implementação do e-learning como metodologia de treinamentos. Uma das ferramentas utilizadas é a gamificação, que por meio do design e da mecânica dos jogos, que envolve os colaboradores e os incentiva a mudança em seus comportamentos, desenvolvimento de novas habilidades, criatividade e inovação. Além disso gera redução de custos no desenvolvimento e aplicação, além de aumento da produtividade.


Sabe-se que a satisfação dos colaboradores tem uma relação direta com a satisfação dos clientes, e pode ter um impacto significativo no sucesso da empresa. Funcionários felizes, que têm treinamentos e ferramentas adequadas, têm maior probabilidade de levar uma experiência positiva ao cliente. O uso da gamificação por exemplo, como ferramenta de aprendizagem, torna o processo mais leve e gera maior engajamento entre os colaboradores, o que também influencia no aumento da produtividade da operação. Além disso, ao utilizar o e-learning tem-se conseguido uma diminuição no custo de treinamento e capacitação, o aumento de assertividade do operador, agilização do processo de atendimento e monitoramento mais eficiente para a área de qualidade, geração de indicadores humanizados de atendimento, redução do custo médio por atendimento e redução de rotatividade. 


O coordenador de qualidade e treinamento, Ademir Pereira Filho, explica que a gamificação pode ser utilizada em duas vertentes, learning e performance. “Com o game learning, podemos utilizar a gamificação no processo de aprendizagem/treinamentos, por meio de exercícios. O modelo de treinamento e-learning, inclusive com alguns módulos já gamificados, reduz em 91% os custos de treinamento, conforme fechamento do ano de 2018. Com a outra vertente, o game performance, podemos gamificar resultados obtidos, sejam eles operacionais ou no processo de treinamento. A gamificação transforma a experiência da busca por resultados em uma atividade divertida. Os colaboradores são reconhecidos pelo bom trabalho e incentivados diariamente a alcançarem suas metas”, destaca.


Em relação à implementação da gamificação, um dos fatores positivos é que a grande maioria dos usuários, nas operações de atendimento, são parte de uma geração hiperconectada e habituada a prática de jogos. A gamificação representa a mudança da experiência e comportamento dos operadores para melhor.


O próximo passo que a empresa está vislumbrando é utilizar uma solução de mercado e a transformar em propósito, por meio de inovação e tecnologia. Ao ser usada como uma ferramenta de motivação, a gamificação transforma o trabalho dos atendentes em uma competição saudável, dinâmica e cheia de desafios a serem alcançados. Todos os funcionários e equipes integrados em um jogo, trabalham para alcançar as metas propostas em busca de atraentes recompensas. Se o funcionário se sente incentivado, e tem vontade de alcançar um lugar melhor no ranking da competição, dificilmente precisará ser cobrado. Neste sentido, a Callink se prepara para este novo cenário.


Buscando maior identificação com o operador, que é o público alvo, o Núcleo de Educação Digital pesquisa quais temáticas mais agradam e criam os games com uma linguagem que agrada o colaborador. “Pesquisamos músicas, estilos, filmes e séries que estão em alta para construir os treinamentos. Por exemplo, já usamos o filme “Maze Runner’ ou jogo Super Mario Bros como inspiração. No caso dos vídeos, produzimos no formato youtuber, em um estilo mais informal e descontraído. Estes são meios de criar maior fixação dos conteúdos” explica o coordenador.