Home Office vale a pena? (Spoiler: vale sim!)

Home Office vale a pena? (Spoiler: vale sim!)

“Home Office” está virando uma expressão da moda, ultimamente. E ela significa trabalhar em casa ou em um ambiente parecido, mas que não é o escritório. O trabalho é praticamente o mesmo, mas pode ser feito em hotel, café, aeroporto e, claro, em um cômodo da casa da pessoa.

Algumas empresas, como a Callink, oferecem essa modalidade em situações específicas. A equipe de São Paulo (SP), por exemplo, trabalha cada um em sua casa. Mas isso não quer dizer que não pisam em um escritório.

Eles se reúnem quando necessário, inclusive viajando para a sede da empresa. “Na maioria dos casos, as atividades são fisicamente realizadas em minha casa e nas dependências dos clientes. Raramente, porém acontece, me encontro com colegas de trabalho em cafés”, revela a gerente comercial da Callink Fernanda Faria.

Para ela, trabalhar em casa tem muitas, muitas vantagens, começando pela otimização do tempo, que gastaria se deslocando da residência para um escritório. “Isso em São Paulo é muito significativo. Pode representar até 3 horas economizadas por dia”, lembra Fernanda.

O gerente comercial Claudio Camargo concorda com a colega de trabalho. “A tranquilidade e a flexibilidade para a execução destas tarefas também incrementam a qualidade de vida, que agrega valor ao profissional e consequentemente a seu rendimento.”, aponta.

E AS DIFICULDADES?

“Nenhuma, eu montei uma estrutura confortável quando preciso fazer home office. Está tudo ‘a mão’ e quando preciso usar cafés ou ficar em clientes, sigo minha rotina usando a internet do celular”, afirma Rita Henllembart, analista de pré-vendas da Callink.

Já Camargo aponta algumas dificuldades no processo. “Existe um período inicial de adaptação, onde você precisa se acostumar com o trabalho sozinho, sem troca com companheiros e chefia”, explica.

TRABALHE MELHOR

Por isso, temos dicas para melhorar essa adaptação, se você trabalha em home office:

- Encare o espaço de trabalho como um escritório de verdade, vestindo-se apropriadamente. Não precisa vestir terno, mas trabalhar de pijamas não é recomendado.

- Preste atenção na ergonomia. Não é preciso investir em móveis caros, mas tente ficar confortável e sentar-se corretamente para evitar problemas de saúde.

- Organização é essencial. Não deixe a mesa bagunçada e tente separar o máximo possível a confusão de casa com o ambiente de trabalho.

- Tenha tudo à mão. Coloque celular, computador e outras ferramentas que precisar mais próximos de você.

- Mas não se esqueça de levantar, alongar. E coloque limites e foco no seu trabalho. Deixar para depois faz você trabalhar mais e em horários ruins para sua rotina familiar.

TIRE SUAS DÚVIDAS

Gostou dos relatos? Quer saber mais sobre essa modalidade? Deixe seus comentários para montarmos outro texto com as dúvidas mais frequentes!